29 de janeiro de 2018

SALDOS | O que não fazer nos saldos

Compras nos saldos, podem ser uma boa experiência ou pode ser aterrador.  Há mulheres gostam de ir aos saldos, há as que se desgraçam nos saldos, e há outras odeiam ir aos saldos. 

Para todas deixo algumas regras, coisas que não deve de fazer na altura dos saldos.


Para começar, comprar só por estar barato não!! 

Eu sei que é tentador comprar aqueles os sapatos lindos e estão só a 9,99, que antes custavam 29€ e que nos caíram logo no olho no início da estação, mas que não os compramos porque quase não usamos saltos altos. Atenção este sapatos vão ocupar o espaço destinado a sapatos que lhe faziam realmente falta. Eu já fui a mulher que compra os sapatos lindos, que não vai usar, e ainda tenho um ou outro par de sapatos no guarda-roupa que só saem de lá de quando em vez, quando me esqueço que me magoam os pés e que não me dão a liberdade de movimentos de uns sapatos mais baixos. 
Esta conversa vale para sapatos, mas para todas as outras peças de roupa, ou acessórios que compramos por impulso, só por estarem baratas e que não fazem sentido nenhum no nosso guarda roupa.

Segundo ponto, comprar o que já temos no guarda-roupa, não o faça!!

Eu sei que não há duas camisolas pretas iguais, mas de certeza que precisamos de 4 camisolas pretas, que diferem em pequenos apontamentos, acho que não. Quando vestem uma camisola preta, é sempre uma camisola preta. Assim se constroem guarda-roupas cheios de "fardas" e que nos fazem dizer mil vezes "não tenho nada para vestir".
Invistam esse dinheiro noutras peças, peças diferentes que complementem as que já têm em casa e que tragam novidade ao vosso guarda-roupa.

Comprar mesmo não sendo o nosso tamanho, NÃO.

"Que peça tão gira, mas fica-me um bocadinho apertada, de certeza que emagreço" ou "está um bocadinho larga mas assim até fico mais à vontade assim", são dois pensamentos que nos ocorrem quando vimos uma peça gira e a bom preço, mas é outra má compra. A primeira porque é uma peça que nos vai trazer sempre à memória que temos de perder peso, que ainda não o conseguimos perder, a segunda faz-nos parecer um saco de batatas e dá-nos volume extra que ninguém precisa.
Comprem peças que vos sirvam, que estejam boas. É verdade que por vezes temos de fazer pequenos ajustes na roupa mas são isso mesmo ajustes.

Comprar porque os outros usam. Pode não ser a melhor compra.

Gostar de ver outra pessoa com determinado peça, que até pode ser o eu estilo, não quer dizer que a peça é boa para nós.
Experimentem a roupa, vejam como fica no vosso corpo (todos os corpos são diferentes) e se se adapta ao vosso dia-a-dia. Uma saia lápis é linda, mas se andamos sempre a correr de um lado para o outro, se passamos os dias com os filhos em correrias esta talvez não seja a peça mais indicada.

Por último, expectativas demasiado elevadas quando vai aos saldos.

Ir para os saldos a pensar que vão fazer as compras da estação, que vão encontrar peças maravilhosas, tudo no vosso tamanho e com o feitio que queriam e tal e qual como imaginaram. Vou ser a chata que diz, isso pode não acontecer. 
Tanta frustração e irritação que advém disto, vão aos saldos tranquilas sabendo o que gostariam de comprar mas sabendo também, que podem não encontrar o que querem ou pode haver mas são peças que não estão em saldos.

Se ainda vão aos saldos pensem nestas coisas e também nestes outros tópicos:
- analisem o vosso guarda-roupa, façam uma lista das peças que gostavam de comprar 
- saibam que peças não precisam
- estabeleçam um orçamento
- antes de irem às compras pesquisem nos sites das marcas 

Se quiserem que eu vá convosco enviem um email ou liguem-me, estão aqui os contactos. :)

Sem comentários:

Enviar um comentário