30 de junho de 2017

Aceitar quem somos | Hoje Foi Assim

Não somos perfeitas, mas temos de gostar de nós!! Esta é a mensagem que tento passar às minha clientes. Já me cruzei com centenas de mulheres e todas elas tinham alguma coisa da qual não gostavam, até aquelas que achamos perfeitas....

Somos todas reais, e atingir o ponto em que gostamos de nós tal como somos é difícil, mas não é impossível.

Três passos fundamentais:

1) Aceitar o que somos aqui e agora, saber o que achamos mau mas tendo noção do bom.
2) Depois de aceitar, saber como podemos tirar maior partido de quem somos agora, abraçando o que não gostamos e valorizando o que mais gostamos em nós.
3) Apesar de aceitarmos, também temos de saber se queremos/podemos mudar. Se o quisermos mudar temos de trabalhar para isso, se não quisermos ou não podemos aceitar, voltamos ao segundo passo.

Aqui o mais importante de tudo é aceitarmos o corpo que temos, quem somos. Mulheres que aceitam, e isto não quer dizer que adorem tudo em si, mas que se aceitam com todas as coisas as que gostam e as que não gostam/odeiam, são mulheres confiantes, mulheres com uma imagem invejável e cobiçada, independentemente do seu tamanho ou forma física.


Ninguém é perfeito. Eu não sou alta (nem fã de saltos altos) mas uso vestidos compridos. Eu sou magra, mas tenho barriga, já tive mais gorda, mas a miúda magríssima (coisa natural)  que fui continua a odiar as gorduras a mais que tem, mas uso biquini. As pernas já não são palitos, tenho uma ancas, mas também tenho uma cintura definida e agora tenho mamas, uso na mesma vestidos curtos, mesmo achando que estou com os joelhos gordos,  Já tive a pele mais lisa e tenho um tom amarelo que conjugado com as olheiras me dá um ar doente, mas faço ginásio sem maquilhagem e um dia por semana é dia sem maquilhagem. Eu sou assim, aceito quem sou e tento gostar de tudo. Não é fácil é um caminho mas aos poucos vamos chegando lá. 

Sempre que me deparo com algo que me limita gostar de mim confronto-me. Qual é o problema de ser quem sou? Não me vou limitar, vou aceitar, escolher as melhores opções para gostar da minha imagem refletida no espelho.

Se eu não gostar de mim, ninguém gostará. 

Sem comentários:

Enviar um comentário